quinta-feira, 29 de maio de 2008

C'est ce coeur qui bat!

C'est ce coeur qui bat!

Recebo todos os dias uma carta, um desenho ou algo criado por elas.
Tenho, no sotão, uma arca muito grande onde guardo tudo. Nela, já estão 6 anos feitas de histórias.
Não deito nada fora.
A Clotilde escreveu-me esta linda carta.

...

"Soluços, soluções
Batem os corações...
E um, dois, três
Bate um de cada vez"


As rimas são da Matilde.

5 comentários:

alice disse...

esse poema é genial!

♥ tm disse...

Eu também guardo tudo o que vem delas numa arca de madeira no sotão da casa dos meus pais....
Não me consigo desfazer destes pedacinhos de vida, recordações, história nossa.
:)

Vermelho morango disse...

eu faço o mesmo.

Elsa Castelo disse...

Que bonito...

instantanés disse...

MARAVILHA !!!!!!!