quinta-feira, 31 de julho de 2008

Arrumações





Elas vão crescendo, os brinquedos vão encolhendo.
Foi hoje!
Para guardar... à direita, direitinho ao sotão. Para os filhos delas, talvez para os netos.
Para dar... à esquerda. À amiga da Ju, que só tem uma boneca, e para todos aqueles que não têm a sorte delas.
Ao meio, para deitar fora porque já não são nada.
E mesmo assim, foi muito pouca coisa.
Afinal, elas vão encolhendo e os brinquedos voltam ao que eram.



Elles grandissent, les jouets rapetissent.
C'était aujourd'hui.
Garder? A droite. Tout droit dans le grenier. Pour leurs enfants, peut-être pour les petits-enfants.
Donner? A gauche. A l'amie de Ju. qui n'a qu'une poupée, et pour tout ceux qui n'ont pas cette chance.
Au milieu? A la poubelle parce qu'ils ne sont plus.
Et même comme ça, il y a eu peu de choses.
Finalement, elles rapetissent et les jouets reprennent leur véritable taille.

3 comentários:

APO (Bem-Trapilho) disse...

os da minha filha nunca se aproveitam para dar :( ficam em tao mau estado!!!

desculpa a minha demora em visitar-te! mas ando muito atarefada. fui hj montar a minha exposição e tenho que preparar o workshop que vou dar no dia 9. ando a mil! :)

e já postei a minha peça de fusing lá no bom feeling. queres ver?

bjinhos linda! :)

♥ tm disse...

Os/as netas vão adorar essas recordações....
O cavalinho é lindo....
:)

reimão disse...

Sabe-me sempre tão bem passar por aqui. enche-me a alma. um beijo