segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Teatro dum carnaval anunciado (IV)





Teria sido injusto se os pais não entrassem na paródia.
Hoje à noite, festeja-se o entrudo na aldeia. Desafiando o frio, cada qual aparecerá disfarçado.
Vou assim de burro, também feito em papier maché, embora a técnica seja diferente porque tem uma base feita de pequenos arames.
A máscara foi feita há três anos, colando um a um pedaços de trapilhos para imitar a pele do burro.
Adereços? Nada melhor que uma boa capa alentejana e umas luvas!

Bom carnaval!



As fotografias são da autoria da minha querida filha M.

11 comentários:

♥ meninheira disse...

¡bellísimo! :O

Arlinda disse...

Simplesmente fantástico.
Um grande beijo.

Bichos da Matos disse...

Que bela máscara! Aproveitem todas o Carnaval;)

vera joão disse...

lindas máscaras, adoro a do burro!

♥ tm disse...

Mais uma máscara fantástica....
Um excelente carnaval para vocês.
:)

ritacor disse...

fantástica!
adoro a tua máscara de burro :)

rita pinheiro disse...

UAU!!

Ana V. disse...

Bem!

A tua criatividade é .....

Qualquer grupo de Teatro gostaria de te ter com o cenógrafa.

Gostei das máscaras anteriores mas essa de burro está GENIAL.

Parabéns Diane

SofiAlgarvia disse...

Bem!
Vi a sequência de posts de seguida e fiquei boquiaberta!
O que vocês se divertem!!!
Pena é a chuva que teima em não abalar...
Bom Carnaval, para todos!

ange porte 33 disse...

Je crois que c'est mon préféré celui là !!

Virgínia disse...

:)) linda!!!!!