terça-feira, 20 de outubro de 2009

11





A camisola é para a M. Tem capucho e um bolso onde está simbolizada a paz.
Vai crescendo e descobre um mundo que nem sempre lhe agrada.
Assume: é vegetariana e nós apoiamo-la, acompanhando o seu crescimento.
Gosta de vermelho.
Prefere este calçado e quanto mais gasto melhor. Mas o que mais gosta acima de tudo é escrever.

Sobre "Ter medo é..." escreveu o seguinte:

" Um sinal de que a imaginação começa a funcionar, onde começamos a precisar de alguém para desabafar, é ter receio de algo que nos aconteça...
Perder a coragem, entrar em aflição, começar a ver mais escuro do que cor-de-rosa, sentir-se escluído ou sentir o relógio avançar mais horas do que segundos e minutos...
É também pressentir o desconhecido, o sem-significado e o sem-explicação.
Ter medo é ouvir o coração bater mais forte e rapidamente dez mil vezes.
É estarmos, por exemplo num campo cheio de flores e pressentir cair-nos em cima um planeta qualquer.
É começar a correr numa planície e pensar em cair num abismo.
Tentar entrar na doçura do mundo e afogar-se em açúcar.
Estar numa piscina e ter medo de ser engolido por uma baleia.
Medo... é uma palavra sem siginificado, como por exemplo uma pessoa estar enterrada nem em túmulo nem em buraco no fundo da terra.
Mas não deixem que o medo vos domine!"


E tem medo de crescer.

16 comentários:

reimão disse...

lindo, mas acredita M. todos temos medo :)

Eva Lima disse...

Parabéns

umademim disse...

tão lindo!

rosário albuquerque disse...

para a M.: quando eu tinha a tua idade e tinha às vezes sonhos maus, o meu pai ensinou-me que devia falar com os meus sonhos, perguntar-lhes o que querem. de facto, todos temos medo mas temos de conseguir viver com esses sentimentos :)
para a Diane: que linda deve ser a tua filha!

Vermelho morango disse...

Que lindo Matilde!
Muitos parabéns e que sorte começar, de verdade, na estação do Outono a fazer anos.
Adorei o teu texto, escreves muito bem.
Desafio-te a escrever um sobre a coragem!
Beijinhos muito grandes de todos.

♥ tm disse...

É quase um poema sobre o medo...
e quem o não tem?????
lindo, lindo, lindo.....
A camisola é uma perfeição.
Parabéns para a Matilde e para a familia linda que a rodeia...

Susana Estevam disse...

A camisola está linda!
Mas mais lindo ainda está o que a M. escreveu! Realmente o medo é uma coisa da imaginação mas muitas vezes esquecemo-nos disso!

Muitos parabéns a ti e à M.

méri disse...

Muitos parabéns M! Que bonitos 11 anos.
Parabéns a toda a linda Família!

Owl_mania disse...

És tão linda M!
Parabéns Diane por teres uma filha tão linda! Reflecte a tua educação!

Batixa disse...

Que lindo! Obrigada por partilhares!
Beijos

vera disse...

ah que bom e crescer quando se tem uma familia assim !
penso aquilo que dizia La Rochefoucauld : tememos tudo como mortais mas desejamos tudo como se fossemos imortais

Celeste disse...

Matilde, gostei imenso do teu texto.
A propósito de medo e coragem, dizia Mark Twain, um famoso escritor americano (um dia vais gostar de o ler):'A coragem é a resistência ao medo: ela domina-o, não é a ausência dele'. Pois é, medo todos temos. A questão que interessa é sermos capazes de o ultrapassar.
Feliz aniversário e um grande beijinho da Cita

sonia sapinho disse...

parabéns, menina que cresce!

mariazinha disse...

Parabens M, és uma balança bestial, linda e profunda, artista de coração, pura de alma.

joana soares disse...

Linda Matilde!
Abraço para todos! Espero encontrar-vos em breve!
Joana

Graça Paz disse...

A tua M. é fabulosa porque o medo é uma coisa que ultimamente me dediquei a estudar e a controlar e que altera por completo as nossas vidas e é possível viver sem ele!Ela vai para psicologia!*
Fantástico Diane,Adorei a couete e tenho saudades de conversar contigo ,quando vens ver o mar??

Um bj

Graça