segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Sem linha, sem agulha





Pegou na camisa de dormir e deu-lhe nova vida. Uma reciclagem ao destino que eu estava a conferir-lhe como pano para o pó. A J. decidiu de outra forma.
No sábado, passou a tarde a vestir umas bonecas. Com o que lhe sobrou, no domingo, realizou um top para ela. Sem linha, sem agulha, há pormenores de nós que dão um toque ao modelo do vestuário.
Orgulhosa, ainda alterou a cor original para uns efeitos de texturas.
E assim andou.
O que será no dia em que pegará na linha e na agulha?

9 comentários:

Wicca disse...

Estou maravilhada. Eu quando era miuda tb gostava de transformar panos em roupas, mas confesso que nunca tive tanto jeito...

A tua filha vai ser uma estilista, de certeza ;)

♥ tm disse...

Espectacular estas criações....
A tua menina vai longe..... só pode.
:)

rosário albuquerque disse...

Vai mesmo longe! Eu acho que ela tem mesmo jeito :)

Owl_mania disse...

Vai longe a pequena!
Dá-lhe tecido, agulha e linha!
E deixa-a voar!

Virgínia disse...

sim senhora!! um grande beijinho para ela :)

joana soares disse...

Hum... que saudades! Também eu e as irmãs inventavamos mil e uma roupas para as barbies, sempre a reciclar pequenos pedaços de pano que nos íam chegando às mãos. Principalmente a minha irmã mais velha... e o resultado? Nunca mais deixou a moda! (http://ines-secrets.blogspot.com)

abraço
Joana

patrícia disse...

mas que criatividade.
ficou fantástica :)

mariazinha disse...

um talento nato!

Eco-quinta Nemus disse...

é tao bom ver a imaginação dos nossos pequenos fluir...:)