segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Os nossos cogumelos





Tivemos razão em esperar. O ano passado houve um.
Há dias atrás quizeram antecipar a chegada dos coprinus barbudos. A J. coleccionou os sacos de papel dos talheres da cantina para, com as irmãs, criar simples tortulhos.



Entretanto, à volta do Castanheiro da Índia há um verdadeiro desfile de coprinus. É um prazer vê-los nas suas várias fases de desenvolvimento.
Este ano não os vamos colher, para no próximo ano, nascerem muito mais.
Então sim, colher-los-emos para nos deliciarmos com eles.





7 comentários:

Vermelho morango disse...

mas que boa ideia, Ju!
O vosso jardim parece encantado.

Bichos da Matos disse...

As tuas filhas fizeram uns cogumelos mágicos!!

vera disse...

deduzo que saibas que esses cogumelos nao sao venenosos ... ;-)
eu tenho medo ate de tocar nos cogumelos que nascem aqui no jardim ... mas nao ha duvida que uma "floresta" como essa e fantastica !

maman xuxudidi disse...

Vera, o coprinus comatus (aqueles que estão na foto) são comestiveis mas enquanto jovem. Estes já estão em fase de decomposição.

sonia sapinho disse...

A minha mãe, natural de uma aldeia ao pé do Sabugal, fala muito do que se deliciava quando visitava os avós e comia desses cogumelos! Nunca os tinha visto :) obrigada!

Ana V. disse...

Será que não há duendes nessa floresta?

ange porte 33 disse...

Ils sont beaux tes champignons en papier !! J'en ai fait quelques uns aussi mais pas en papier.... Trop fragile !!