segunda-feira, 12 de abril de 2010

Viver o jardim público





Ladeada de gente gira, tinha-me esquecido de quanto era bom viver o jardim público. O jardim encheu-se de famílias, de namorados e de amigos à procura dum pedaço de relva para saborear os raios de sol ou a sombra duma árvore para prolongados lazeres.
Vieram no sábado e voltaram no domingo, para estender a toalha e partilhar um delicioso piquenique. Não fomos os únicos (ver aqui).

A loja está actualizada, com novas trouxas Matongé.

7 comentários:

Virgínia disse...

Foi tão bom, Diane. Foram dois dias que souberam a uma semana de férias :)Já tenho saudades!!
Um abraço enorme a todas :)

vera disse...

oh que bom, adoro esse jardim mas nunca estou aí na altura certa ...

Bichos da Matos disse...

Foi um fim-de-semana cheio! beijinhos:)

Owl_mania disse...

Que pena estar tão longe! Bjs gds

Vermelho morango disse...

Beemmm...foi mesmo bom, pelo que ouvi dizer!! Fico muito contente. beijinhos

mimiko disse...

Bom bom foi ouvir dizer "tu não me conheces mas eu conheço-te a ti"! Obrigada :) foi de facto uma bela surpresa num lindo dia de sol! Um beijinho muito grande e gordo!

rita disse...

subscrevo a virgínia :-)
e a partir de agora, voltar ao jardim da estrela tem um novo significado para mim. e isso é lindo!